Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Malik, uma outra forma de poesia...

Malik, uma outra forma de poesia...

Deslumbramento

 

corpodemulher1.jpg

 

 

Ouvi um poeta cantar

seu amor à natureza,

às montanhas e ao mar

às estrelas, ao luar

paraísos e beleza;

 

Dei por mim a procurar

pela maior perfeição,

difícil de encontrar

comecei a vasculhar

o meu próprio coração;

 

Paisagens, animais, melodias

de tudo um pouco encontrei,

coisas simples, alegrias

que com o passar dos dias

sem perceber as guardei;

 

Mas nada se assemelhava

ao que o poeta cantou,

até seu olhar brilhava

quando da natureza falava

todo o mundo o adorou;

 

Navegando o pensamento

desfolhei um malmequer,

as folhas, levou-as o vento

que me trouxe o deslumbramento

do corpo de uma mulher!

 

Malik

 

 

19 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D