Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Malik, uma outra forma de poesia...

Malik, uma outra forma de poesia...

Mãe, até amanhã

 

 

Mãeateamanha2.jpg

 

 

 

 

Na roda viva da vida

jornada após jornada,

vamos deambulando,

por distracção indevida

damos atenção a nada

o importante adiando;

 

É como andar a dormir

e os dias vão passando

sem conseguir acordar,

esquecendo o que pode surgir

conversas vão-se atrasando

sentimentos ficam por falar;

 

Até que chega o dia

em que queiramos ou não

obriga ao despertar,

derrocada da alegria

lágrimas no coração

omissões a lamentar;

 

O que ficou por dizer

é tanto, sabe-o bem Deus

perdi o meu talismã,

que vou agora fazer

não, não vou dizer adeus

minha Mãe, até amanhã!

 

 

Malik

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.