Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Malik, uma outra forma de poesia...

Malik, uma outra forma de poesia...

Rouxinol

 

 

rouxino2.jpg

 

 

 

Tanta é a saudade

de um tempo sem idade

que um dia nos aconteceu,

fugíamos da cidade

rumando à felicidade

na aldeia que nos acolheu;

 

Naquela casa velhinha

que não era tua ou minha

navegávamos à deriva,

em ondas e à bolina,

era servo e tu rainha

mulher da minha vida;

 

E como é bom recordar

nossa forma de acordar

aos primeiros raios de sol,

um pássaro ia-nos brindar

com melodias de encantar

talentos de um rouxinol;

 

Dizem que continua a cantar

no parapeito daquela janela,

talvez por te achar tão bela

talvez para te ver chegar.

 

 

Malik

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D