Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Malik, uma outra forma de poesia...

Malik, uma outra forma de poesia...

Sei que me esperas na foz

 

 

seiquemeesperasnafoz1.jpg

 

 

 

O rio corre p’ro mar

nele flutuo até à foz,

sigo o curso a divagar

deixando-me navegar

ao encontro de um nós;

 

Esse encontro está a casar

há muito o nosso destino,

chegou o tempo de aceitar

que é hora de assentar

e cumprirmos o caminho;

 

A boémia acabou

o passado diz-nos nada,

a vida nem começou

o sol ainda não acordou

vamos pegar essa estrada;

 

Aguardas-me ansiosa

sem sombras na tua voz,

estarás perfumada de rosa

delicada, maravilhosa,

sei que me esperas na foz;

 

Sei que me esperas na foz...

Onde o rio encontra o mar, começaremos o nós...

 

 

Malik

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D