Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Malik, uma outra forma de poesia...

Malik, uma outra forma de poesia...

A todo o tempo

 

atodootempo1.jpg

 

 

Se alguém neste mundo te ama,

sou eu.

Amei-te sem pensar em cama

amei-te quando tudo doeu

e o amanhã era incerto,

não deixei de estar por perto

nem de querer como quando se ama.

Confesso que algures quis desistir

e este amor implodir

sem ninguém se magoar,

mas não havia fórmula certa

para existência deserta.

Inteiro, sem pudor

só a teu lado,

não é destino nem fado,

é amor.

Quero viver contigo mil anos,

modesto, não peço mais,

só te quero noite e dia,

em amor, não iguaria,

poema da minha pena

corpo de texto e não resenha,

onde a palavra predomina

expressando sentimento

de uma vida que era minha

hoje nossa a todo o tempo.

 

 

Malik

 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

© 2017 Malik. Todos os direitos reservados.