Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Malik, uma outra forma de poesia...

Malik, uma outra forma de poesia...

Chama

 

chama1.jpg

 

 

 

Como a chama de uma vela

ora firme ora trémula

foste luz em meu viver,

resististe a muita brisa

mas quem o ciúme enfatiza

acaba sempre a sofrer;

 

Lembro agora com carinho

de indicares o caminho

através da escuridão,

podiam as nuvens chorar

e os ventos galopar

não me largavas a mão;

 

Sou agora um vagabundo

que se arrasta pelo mundo

como um naufrago à deriva,

meu farol foi a tua chama

cuja extinção foi um drama

sem deixar alternativa;

 

À deriva,

naufrago num mar revolto

naufrago no mar da vida.

 

 

Malik

 

 

Sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.